4 de set de 2016

Like a Couple? - Chapter Eighteen



Quando todos estão saindo do bar, Arthur é parado por uma pessoa e com o susto a encara fixamente. Assim que encara percebe que a pessoa não é ninguém mais que Aline, a única mulher que chegou perto de mexer com ele tanto quanto Lua ou isso era apenas coisa da sua própria cabeça. 


_Arthur, quanto tempo!-Ela sorri, o abraça e ele fica sem ação. 

_Pois é...-É a única coisa que ele pode murmurar.

_Então, como vai a vida desde nossos últimos tempos juntos?-Ela não contém a curiosidade e pergunta.

_Vai bem, eu...-Ele é reticente, mas antes mesmo que pudesse terminar é interrompido.

_Arthur, porque está demorando tanto?-Sophia diz se aproximando com Micael ao seu lado.

_É cara, estávamos te esperando no estacionamento. Mas você tá demorando!-Micael informa.

_Oi-Aline cumprimenta o casal e os dois retribuem.

_Eu me lembro de você, o Arthur...-Micael lembra, mas antes que ele possa dizer mais alguma coisa Arthur aproveita a deixa para interrompê-lo.

_A gente está com pressa né? Eu tô com sono e vocês... Vamos embora!-Arthur indaga tudo de forma estranha e rápida. Não dizendo coisa com coisa.

_Bom, vamos então...-Sophia conclui e eles se despedem.

Eles seguem para o estacionamento e Aline vai pra dentro do barzinho. No estacionamento eles decidem não dirigir, pois estão todos bêbados e deixam seus carros ali para buscarem amanhã. Eles decidem ir três num táxi e dois em outro.

_Tchau, dengo. Já estou com saudades-Sophia resmunga melosa.

_Tchau, meu amor-Micael fala ainda mais meloso e os outros fazem careta para o momento do casal.

_Eca gente, vocês tem que namorar na nossa frente mesmo?-Mel pergunta, mas seu tom está mais como um alerta.

_É, se continuarem vamos começar aqui também-Chay diz pegando na cintura de Mel.

_Sai, garoto!-Mel adverte e ele ri da cara que a mesma faz.

_Não somos namorados porque você não quer, que fique claro-Chay esclarece caçoando.


A conversa entre os casais continua e principalmente as provocações de Chay para Mel, eles estavam tão entretidos que só Micael percebeu que Arthur estava quieto demais. Quando o táxi pedido por Chay chegou, ele entrou no mesmo acompanhado de Mel e Sophia. Micael já havia decidido ficar e pegar o mesmo que Arthur.


O caminho para a casa de Micael segue silencioso, ele havia proposto para  Arthur que passasse a noite lá. Arthur aceitou porque sairia bem mais barata a condução do táxi e estava mesmo precisando economizar. Assim que entram na casa, Micael decide não permanecer calado e aceitando o silêncio do amigo.


_Cara, você está viajando aí desde que viu aquela garota. O que está acontecendo?-Ele pergunta preocupado.

_Não é nada não, a bebida deve ter me deixado assim-Arthur diz querendo fugir da conversa.

_A bebida não foi, eu acho que você está mexido-Ele contesta e Arthur decide conversar, já que o amigo não dava sinais de que o deixaria em paz.

_Você lembra dela?-Arthur pergunta.

_Claro que lembro, você me apresentou ela quando fazia pouco tempo que havia chegado aqui e morava comigo nessa casa. Se eu não me engano, o relacionamento que tiveram foi o que mais durou depois que você se separou da Lua. Ou pelo menos, foi isso que você me disse...-Micael conta e Arthur acena positivamente com a cabeça.

_Exatamente isso, mas você lembra de como acabou?-Arthur interroga, não querendo dizer.

_Que eu me lembre, ela mal havia chegado junto com você e já queria ir embora por causa de seus pais e da faculdade que havia largado para vir-Ele diz e Arthur faz um sinal para que ele continue a contar.

_Você ficou destruído quando ela foi-Ele acrescenta e Arthur decide se explicar.

_Na época eu fiquei mesmo, mas não podia ser egoísta. Eu vim para construir minha vida e tirei esse direito dela quando ela veio comigo... Não poderia fazê-la não ir-Arthur contesta.

_Mas você ainda guarda lembrança disso tudo?-Ele questiona curioso.

_Como eu não guardaria? Ela mexeu muito comigo...-Arthur explica.

_Ainda mexe?-Micael questiona novamente.

_Eu não sei, ter visto ela depois de tudo isso. Sei lá-Arthur pondera em sua resposta.

_Então pense bem viu, porque a Lua não vai gostar nada de ver o namorado dela com essa cara de confuso-Micael alerta.

_Eu preciso exatamente disso, pensar...-Arthur diz tentando encorajar a si mesmo.

_Só não troque os pés pelas mãos, viu? Diz pra mim que não está confuso entre as duas?-Micael interroga ao perceber a vacilação do amigo ao responder.

_Não, eu amo só a Lua-Arthur afirma.

_Bom, só não demore pra perceber o que está de errado com você mesmo-Micael aconselha e vai para seu quarto, sabia que Arthur saberia se acomodar. 

***
A sumida voltou, me desculpem mais uma vez por sumir. Só peço que tenham em mente que nunca vou abandonar a fanfic e voltarei sempre para postar capítulos e terminá-la. Estive enrolada com algumas coisas na escola, mas voltei! Um beijo para todos que leem essa fic, amo todos vocês <3!² 


Helena Sales
Qm será essa pessoa ? Fiquei curiosa.

Resposta: Como você já deve ter descoberto, é a Aline. Você esperava que o Arthur não fizesse nenhuma burrada, eu também... Mas parece que não foi bem assim. A fic precisa de um pouco de ação e a mesma teve de vir de uma burrada do Arthur.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo